domingo, 1 de junho de 2014

Mauricio Torres, apresentador da Record, morre aos 43 anos




Maurício Torres, apresentador do Esporte Fantástico, da Rede Record, morreu no início da noite deste sábado (31), aos 43 anos. 

O jornalista e narrador estava internado desde o dia 1º de maio, no Hospital Sírio Libanês e após passar mal durante um voo entre Rio de Janeiro e São Paulo. Na ocasião, Maurício teve uma arritmia cardíaca e, após alguns exames, foi constatada uma infecção. Mesmo com tratamento com antibiótico, ele sofreu várias complicações médicas e acabou morrendo neste sábado.

Com passagens pela Rede Globo, Maurício Torres estava na Rede Record desde 2005, e deixa mulher e uma filha de oito anos. O velório do apresentador será na cidade do Rio de Janeiro.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) usou o seu site oficial para manifestar o seu pesar pela morte do jornalista. O jornalismo esportivo está de luto. Morreu neste sábado, em São Paulo, Maurício Torres, um profissional competente, respeitado e muito querido pelos companheiros. O presidente da CBF José Maria Marin manifesta os pêsames à família do jornalista e determina à Comissão de Arbitragem que proceda à observância de um minuto de silêncio nos jogos do Campeonato Brasileiro deste domingo”, diz o comjunicado.

A emissora também divulgou uma nota oficial. Abaixo o texto, na íntegra:

"A Rede Record lamenta profundamente a morte de seu apresentador e narrador esportivo Mauricio Torres.

Mauricio estava internado desde o dia 01 de maio no Hospital Sirio Libanês, em São Paulo, depois de passar mal durante um vôo entre o Rio e São Paulo. O narrador teve várias complicações médicas e faleceu no início da noite deste sábado (31).

O apresentador chegou a Record em 2005 para as transmissões de futebol. Ele estreou na partida entre Brasil e Colômbia, válida pela fase final do Torneio Sul-Americano Sub-17, disputado na Venezuela. No mesmo ano participou dos programas Terceiro Tempo e Debate Bola.



Mauricio também esteve na equipe olímpica da Record nos Jogos de Inverno de Vancouver (2010), nos Jogos Pan-americanos de Guadalajara (2011), na Olimpíada de Londres (2012) e nos Jogos de Inverno de Sochi (2014).

Atualmente apresentava o “Esporte Fantástico” ao lado de Mylena Ciribelli e Cláudia Reis.

O Brasil perde um dos principais jornalistas esportivos do país e um dos mais promissores talentos de sua geração.

Maurício deixa esposa e uma filha de 8 anos. Externamos nossa solidariedade e sentimentos aos familiares, amigos e fãs”.

O velório será na cidade do Rio de Janeiro.

fonte: O Fuxico.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja sempre benvindo ao meu blog! Agradeço seu comentário.