domingo, 25 de maio de 2014

Em Família: Laerte descobre que Selma finge estar doente

A Mãe do flautista, se recusa a ir ao médico
a mãe do flautista se recusa a ir ao médico

Na sinopse de Em Família, novela exibida na faixa das 21h, na Globo, Selma (Ana Beatriz Nogueira) sofreria de senilidade precoce, e a mãe de Laerte (Gabriel Braga Nunes) já começou a apresentar os sinais da doença. Mas a personagem não está doente não.

Depois de roubar uma peça da casa de leilão de Helena (Julia Lemmertz) e sugerir a Shirley (Vivianne Pasmanter) que inventou um sumiço só para acabar com a noite de Laerte e Luiza (Bruna Marquezine), Selma vai deixar claro para o telespectador que está só de fingimento.

Nos próximos capítulos, ela sai de um restaurante sem pagar a conta. Ao olhar o desespero do garçom, ela dá uma sonora gargalhada e, ao ser questionada pelo motorista, Selma revela que está mentindo.

"Finalmente estou aproveitando a vida com tudo a que tenho direito!", diz ela, rindo.

Numa outra cena, Selma discute com Luiza no galpão e passa mal. Laerte tenta levá-la para a casa de Shirley (Vivianne Pasmanter), mas ela diz que prefere ficar com o filho. Ao chegar no flat do flautista, Selma se mostra melhor.

"Depois dessas minhas ausências súbitas, sempre me vem  uma dor de cabeça alucinante", fala.

Preocupado, Laerte se oferece para levar a mãe ao médico.

"O remédio já vai fazer efeito. Vamos ter que voltar ao médico, mãe. Não dá pra você ficar dando esses sustos", diz.

Assustada, Selma quase dá um grito.

"Não!".

Diante da surpresa de Laerte, ela amansa de novo.

"Quer dizer... acho que não é o caso", disfarça.

O rapaz pede que a mãe diga melhor o que sente porque ele não consegue entender.

"Não sei, um mal estar, deve ser queda de pressão, hipoglicemia, vai saber", conta.

E Laerte se mostra debochado.


"E sempre aparece assim, nos momentos mais convenientes. Convenientes pra você!", diz.

Selma se aborrece.

"Meu filho, eu estou aqui passando mal e você está me alfinetando?", pergunta.

Laerte fala que está querendo entender o que acontece.

"Mas, se você está com tanta resistência, é porque não é tão grave assim, não é?", alfineta ele de novo.

"Sabe o que é isso? Fundo emocional!", diz ela.

E ele debocha mais uma vez.

"Sei, o famoso piti".

Selma se irrita e briga com o filho.

“Não estou te reconhecendo! Você jurou para o seu pai que ia cuidar de mim! Estou frágil de verdade. Me sinto como se fosse de louça. Os nervos em frangalhos. Estou arrasada de ver o rumo que você está dando para a sua vida, se envolvendo com uma menina. É isso que está acabando comigo. E, ainda por cima, a meninota é a cara da Helena jovem!”.

Pronto. Se Laerte já desconfiava das atitudes da mãe, agora, ele parece ter certeza de que ela não está doente como diz.

“Vejo que você já está ótima. Com energia para discutir, esbravejar. E com a memória tinindo, lembrando até de fisionomias do passado. Já posso dormir sossegado. Boa noite”, fala, deixando Selma sozinha.
fonte: O Fuxico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja sempre benvindo ao meu blog! Agradeço seu comentário.